A MODA COMO FERRAMENTA DE AUTOCONHECIMENTO

Moda & Comportamento

Após ler este título, talvez você esteja pensando: “Como assim usar a moda para me autoconhecer?”. Pois bem, pode me chamar de romântica se quiser, mas, acredito sim, que a moda pode nos ajudar quando o assunto é autoconhecimento. Portanto, antes que a gente se aprofunde no assunto, peço para que você deixe aqui, nesse primeiro parágrafo, todo e qualquer resquício de desdém com a moda, ok?

Colagem Ben Giles, Pinterest 

Moda x Identidade

Vamos lá, me apegando ao pleonasmo, começarei do começo. Todo mundo concorda que as roupas são algo que faz parte da nossa vida, certo? Consequentemente ninguém sai de casa pelado. No entanto, o ponto que quero chegar é o seguinte: nós  temos que nos vestir. Para muitos isso pode ser desgastante mas, por outro lado, para outros pode ser quase uma terapia.

Estando consciente ou não sobre isso, aquilo que vestimos reflete a nossa identidade. E tem maneira mais fácil e prática de se expressar do que pelas roupas? Quando digo que a moda pode ser uma ferramenta de autoconhecimento, acima de tudo, não falo sobre o sistema de moda ~ que muitas vezes pode ser torturante esfregando padrões na nossa cara.

Figura 01

Moda e autoconhecimento andam juntos!

Falo da moda como ferramenta de autoexpressão, de descoberta do eu. De diversão e não prisão. Já experimentou olhar para o seus guarda-roupas e analisar se de fato ele te representa? Se ele condiz com seu estilo de vida? Se ele expressa sua essência? O ato de se vestir é um momento feliz ou não para você?

Isso pode ser um ótimo exercício de (re)descoberta e de voltar os olhos para si. Por exemplo, quando o assunto é estilo, em um mundo cada vez mais imagético, às vezes nos pegamos em um eterno copia e cola de estilo alheio e esquecemos de olhar para dentro. Nos esquecemos de buscar na NOSSA mochilinha de inspirações da vida. Além disso, a moda permite experimentar algo que vem na cabeça, de fazer uma antropofagia de tudo aquilo que nos inspira e criar o nosso estilo.

Figura 02, Pinterest

Que tal aplicar #CítricasIdeias na sua forma de vestir?

A musa Iris Apfel tem uma frase que amo e faz super sentido nesse papo: “Você pode ser alguém que não é, mas isso não será estilo. Se alguém diz: ‘Compre isso , você estará estilosa’, você não estará estilosa porque não será automaticamente você. Primeiro você precisa saber quem é você e isso é um processo doloroso”.

É isso, encontrar seu estilo é um processo de autoconhecimento. Não tem como separar os dois. Finalizo por aqui, te propondo uma reflexão: Quem é você? O que você gosta? Resumindo: O quanto de você existe naquilo que veste? 

Que tal tirar um tempinho para esclarecer e refletir sobre essas questões? Depois me conta como foi o processo aqui nos comentários, vou adorar saber.

Secret Garden, 2016 by drømsjel

Luana Braz – Fashion Stylist

@powergirlu
Girl boss em @chica.baderna

Garimpeira de brechó, escalafobética & feminista.

0 0 vote
Article Rating
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments